08/02/2023

Cerveja Ale e Lager, entenda a diferença!

Cerveja Ale e Lager, entenda a diferença!

As cervejas se caracterizam por suas famílias e seus estilos, apesar de existirem inúmeros estilos de cerveja, as famílias das cervejas são divididas em 3 grandes grupos, a família Lager, a família Ale e a família Lambic. Existem as famílias híbridas que envolve a mistura de diferentes processos, porém não serão abordados neste artigo assim como a família Lambic.

Cada família recebe um tipo de levedura diferente em sua produção, isso acontece porque essas famílias possuem processos de fermentação diferentes. Basicamente é o processo de fermentação que irá determinar a parte sensorial (aroma, sabor, aparência, entre outros) e as particularidades de cada estilo de cerveja.

A família Lager

As cervejas da família Lager são as cervejas mais consumidas no mundo, são chamadas de cervejas de baixa fermentação ou fermentação a frio, recebem a levedura chamada Saccharomyces Pastorianus, o processo se dá em temperaturas por volta de 5°C e 14°C, e suas leveduras permanecem na parte inferior do tanque.

O resultado são cervejas mais límpidas, com aromas mais discretos do malte e do lúpulo. E não se engane: nem toda Lager é clarinha, já que a cor é influenciada pelo tipo de malte utilizado.

São exemplos de estilos de cerveja Lager: Pilsen; Bock, Helles; Dunkel; Schwarzbier, entre outros.

A família Ale

As cervejas da família Ale são de alta fermentação, pois fermentam em uma temperatura mais elevada, recebem a levedura chamada Saccharomyces Cereviseae, o processo se dá em temperaturas por volta de 14°C e 25°C, e suas leveduras permanecem na parte superior do tanque.

O resultado são cervejas com aromas mais exuberantes, vindos não somente dos ingredientes básicos, como malte e lúpulo, mas também de outros ingredientes e de vários compostos secundários formados pela levedura no processo de fermentação.

São exemplos de estilos de cerveja Ale: Weizen; India Pale Ale (IPA); Stout; Belgian Wit; Belgian Blond e dezenas de outros.

O surgimento da família Lager

A Lager é a família de cervejas mais popular do mundo. E a mais “jovem”. A produção de cervejas Lager iniciou na Alemanha por volta dos anos 1400, quando os mestres cervejeiros do país armazenavam os barris em locais frios. A levedura que estava em baixa temperatura de fermentação foi proeminente, elas passaram a se depositar no fundo do tanque de fermentação ao longo do processo, resultando em uma cerveja com outras características: mais leve e clara, diferente das Ale produzidas até então. Assim, surgiu um novo tipo de cerveja: a Cerveja Lager, que se popularizou no século XIX.

A História da família Ale

As cervejas Ale tem suas origens na Grã-Bretanha medieval. Nessa época, as cervejas eram produzidas com leveduras que fermentavam na superfície dos barris. As Ales costumam ser cervejas complexas, devido à maior liberação de ésteres durante o processo de fermentação. Aromas e sabores frutados e condimentados são muito comuns nessas bebidas, o que é bastante perceptível em estilos da escola Belga, muito famosa justamente pela atuação das leveduras. Toques de frutas, frutas secas, flores, ervas e condimentos são algumas das características que se pode esperar dessas bebidas.